Compartilhe:

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on telegram
Share on email
Share on twitter

Operação Samaúma mobiliza militares contra crimes ambientais no Pará

Forças Armadas estão atuando em ações preventivas e repressivas contra delitos ambientais, em especial o desmatamento ilegal
1.500 militares e agentes serão empregados na operação, que se estende até o dia 31 de agosto | Foto: Divulgação/Seção de Comunicação 23ª Bda Inf Sl
Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram
Share on twitter
Twitter
Share on email
Email

MARABÁ, SUDESTE DO PARÁ – Mais de 1.500 militares do Comando Conjunto Norte (CCjN), formado pelo Comando Militar do Norte, 4º Distrito Naval e Comando Aéreo Norte, e agentes dos órgãos e agências de proteção ambiental e de segurança pública trabalham em conjunto para conter crimes ambientais no Pará.

A Operação Samaúma consiste no emprego das Forças Armadas e dos órgãos e agências envolvidas em ações preventivas e repressivas contra delitos ambientais, em especial o desmatamento ilegal, em terras indígenas, em unidades federais de conservação ambiental, em áreas de propriedade ou sob posse da União localizadas nos municípios de Altamira, Itaituba, Jacareacanga, Novo Progresso, São Félix do Xingu e Trairão e, mediante requerimento do governador, em outras regiões do Estado do Pará. Confira os detalhes na reportagem da TV Criativa Online: